18/06/2013

por um certo alguém… suicídio

Postado por Donna


  Pode até parecer besteira, frescura ou o que vocês pensão ao ler essa palavra. Mas é uma questão delicada, uma coisa assim não é feita sem grandes causas ou motivos.

A primeira causa de morte por atos de violência no mundo não são os acidentes de trânsito, os homicídios nem os conflitos armados, mas o suicídio. Esse dados desconcertante foi revelado em outubro de 2002.


 Outra mudança que vem sendo observada é a faixa etária de quem comete suicídio. Historicamente mais comum entre os idosos, o ato vem crescendo entre pessoas de 15 a 44 anos.

Adolescentes gays, lésbicas ou bissexuais têm cinco vezes mais chances de cometer suicídio do que jovens heterossexuais. Porém, um ambiente favorável na escolas e na comunidade – o que, infelizmente, não acontece sempre – pode fazer a diferença, sugere uma nova pesquisa.


Liderado por Mark Hatzenbuehler, da Universidade de Columbia, Estados Unidos, os pesquisadores entrevistaram mais de 30 mil alunos do Ensino Médio em onze diferentes municípios no estado do Oregon. Os resultados mostraram que cerca de 20% dos adolescentes GLB haviam tentado cometer suicídio nos 12 meses anteriores à pesquisa, enquanto a taxa entre os heterossexuais foi de apenas 4%. 

 Vocês ainda devem estar pensando, o que eu quero com isso? 

Pode parecer uma assunto inusitado, mas é bom as vezes pensar em outras coisas alem do mundinho colorido e alienado que as pessoas vivem. Temos que começar a ver a realidade, e não fingir que aquilo não acontece, que é só em novelas, em filmes. Isso tudo pode estar mais perto do que você pensa. 

 Quantas vezes você já ofendeu alguém, disse palavras grotescas sem motivos? As vezes é algo precipitado eu entendo. Mas eu acho que deveríamos pensar muito antes de falar, pois as palavras tem uma força incrível e destrutível. 

 Aqui está a carta de Kurt Cobain: 

 Para Boddah

  Falando como um simplório experiente que obviamente preferiria ser um efeminado, infantil e chorão. Este bilhete deve ser fácil de entender.

Todas as advertências dadas nas aulas de punk rock ao longo dos anos, desde minha primeira introdução a, digamos assim, ética envolvendo independência e o abraçar de sua comunidade, provaram ser verdadeiras. Há muitos anos eu não venho sentindo excitação ao ouvir ou fazer música, bem como ler e escrever. Minha culpa por isso é indescritível em palavras. Por exemplo, quando estou atrás do palco, as luzes se apagam e o ruído ensandecido da multidão começa, nada me afetava do jeito que afetava Freddie Mercury, que costumava amar, deliciar com o amor e adoração da multidão – o que é uma coisa que totalmente admiro e invejo.

 O fato é que não consigo enganar vocês, nenhum de vocês. Simplesmente não é justo para vocês e para mim. O pior crime que posso imaginar seria enganar as pessoas sendo falso e fingindo que estou me divertindo 100 por cento. Às vezes acho que eu deveria acionar um despertador antes de entrar no palco. Tentei tudo que está em meus poderes para gostar disso (e eu gosto, Deus, acreditem-me, eu gosto, mas não o suficiente). Me agrada o fato de que eu e nós atingimos e divertimos uma porção de gente. Devo ser um daqueles narcisistas que só dão valor às coisas depois que elas se vão. Eu sou sensível demais. Preciso ficar um pouco dormente para ter de volta o entusiasmo que eu tinha quando criança.

  Em nossas últimas três turnês, tive um reconhecimento por parte de todas as pessoas que conheci pessoalmente e dos fãs de nossa música, mas ainda não consigo superar a frustração, a culpa e a empatia que tenho por todos. Existe o bom em todos nós e acho que eu simplesmente amo as pessoas demais, tanto que chego a me sentir mal. O triste, sensível, insatisfeito, pisciano, pequeno homem de Jesus. Por que você simplesmente não aproveita? EEu não sei! Tenho uma esposa que é uma deusa, que transpira ambição e empatia, e uma filha que me lembra demais como eu costumava ser, cheia de amor e alegria, beijando todo mundo que encontra porque todo mundo é bom e não vai fazer mal a ela. Isto me aterroriza a ponto de eu mal conseguir funcionar. Não posso suportar a ideia de Frances se tornando o triste, autodestrutivo e mórbido roqueiro que eu virei.m
   
Eu tive muito, muito mesmo, e sou grato por isso, mas desde os sete anos de idade passei a ter ódio de todos os humanos em geral. Apenas porque parece muito fácil se relacionar e ter empatia. Apenas porque eu amo e sinto demais por todas as pessoas, eu acho. Obrigado do fundo de meu nauseado estômago queimando por suas cartas e sua preocupação ao longo dos anos. Eu sou mesmo um bebê errático e triste! Não tenho mais paixão, então lembrem, é melhor queimar do que se apagar aos poucos. Paz, Amor, Empatia.

Kurt Cobain

  "Pobre Espírito, aquele que comete o suicídio cujo fim é fugir às misérias e às decepções deste  mundo, que não têm a coragem de suportar as misérias da existência! Deus ajuda aos que sofrem e não aos que carecem de energia e de coragem. As tribulações da vida são provas ou expiações. Felizes os que as suportam sem se queixar, porque serão recompensados! Ai, porém, daqueles que esperam a salvação do que, na sua impiedade, chamam acaso, ou fortuna!  O acaso, ou a fortuna, para me servir da linguagem deles, podem, com efeito, favorecê-los por um momento, mas para lhes fazer sentir mais tarde, cruelmente, a vacuidade dessas palavras, Ai daqueles que hajam conduzido o desgraçado a esse ato de desespero, sofrerão as conseqüências de tal proceder. Responderão como por um assassínio." 

   Pensem bem antes de julgar uma pessoa com estes pensamentos, pois ela pode ser guardiã de muitas coisas, na qual vocês achavam que só aconteciam em filmes de terror e suspense. 

Muito obrigada, Amanda.

Blog Poeira de Estrelasstrelas

<<------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------>>

   Leia também:

Em 18/06/2013

0 comentários:

Postar um comentário

Hey everybody 🍍

Super agradecida pelo comentário que acabou de escrever, as perguntas,
desabafos, desamores ou o que for será respondido aqui no blog...
a menos que seja o Seu Silvio Santos, aí é vip rs

con amore, Donna

maybe yellow • todos os direitos reservados © 2016 • powered by Blogger • Desenvolvimento por